Deus sabe o que faz...

     Por Ângela as 8:32 PM - sexta-feira, maio 04, 2007

Não sei se vocês sabem, mas quando estivermos no Canadá (viram como estou otimista) só o Diniz vai trabalhar, pelo menos no início, pois tenho que cuidar das crianças (3 e 6 anos) e da casa, já que lá não teremos "secretária".

Pois bem, esta semana conseguimos vender nossa empresa, que me ocupava metade do dia e a nossa "secretária" ficou doente e faltou a semana toda. Conclusão: eu tive que fazer tudo sozinha. Considero isso um estágio probatório para o que me espera no Canadá. Não sei se isso é bom ou ruim, mas sei fazer tudo, porém não o faço desde os meus 17 anos, quando comecei a trabalhar fora. De lá pra cá, nunca fiquei desempregada e quando morava com meus pais, era fácil, tinha a mamãe. Depois que casei (há 10 anos), sempre tive quem fizesse para mim.

E olha que minha primeira semana foi da pesada, pois não fiquei só em casa. Tive que resolver alguns problemas da empresa e ainda fui fazer uma entrevista de emprego que pintou de última hora, sem falar que tenho hora para levar e pegar as crianças na escola. E para fechar com chave de ouro, o Felipe (meu filho de 3 anos), chegou em casa passando mal. Coitadinho, era por cima e por baixo.

Por isso que digo que Deus sabe o que faz, pois é isso que vou enfrentar em terras frias, além de outros problemas, claro. Não me aborreço, mas sei que vai ser duro, muito duro. Espero que as coisas andem bem para que eu possa fazer alguma coisa além de cuidar da casa.

Coitado do Diniz, ele que vai ter que me aturar, rsrsrsrsr.

Abraços,

Ângela

Marcadores:

9 Comments:

At 7:00 PM, Blogger Re e Li said...

Angela, eu tenho estado nesse estágio probatório desde que me casei. Mudei-me de cidade e nunca mais consegui emprego. Posso dizer que é mais fácil trabalhar fora do que em casa...Ô servicinho que não tem fim!
Mas, como vc disse, vamos ter que nos acostumar pq lá no Canadá vai ser assim!
Bjs

 
At 8:43 PM, Blogger Carol, Ênio e Leila said...

Nem me fale. Não me dou muito bem com o trabalho de casa e sou bastante desorganizada. Meu marido consegue ser mais leso que eu. Mas já combinamos o seguinte, quando chegar ao Canadá não vamos economizar com organizadores. Vai ter balde para tudo, quem sabe assim nos livramos dos sapatos no meio da casa. rs De qualquer maneira, ele já está tentando me ajudar mais e está até se aventurando na cozinha.

Um abraço,
Carol

 
At 12:20 AM, Blogger Sergio e Marilena said...

Olá Angela,

eu parei de trabalhar há 3 anos quando o Edu nasceu mas sempre tive alguem pra me ajudar. Como não gosto de ter gente aqui o tempo todo minha secretária vem duas vezes por semana, mas sei que vou sentir falta dela.
Pelo que leio em outros blogs manter a casa organizada por lá é mais facil do que por aqui. Acho que só de não ter que ficar passando roupa e ter máquina de lavar louça já ajuda bastante.
Não posso reclamar muito porque o Sergio coopera muito na organização das coisas e espero conseguir ensinar as crianças a fazerem o mesmo quando tiverem idade pra isso.
O triste é que a gente só vai saber mesmo como vão ser estas coisas quando estiver lá, né?

Um abraço,
Marilena

 
At 5:03 PM, Blogger Eva Jucá said...

Oi angela, não se preocupa que vc vai tirar de letra aqui! Aqui a vida de casa é mais fácil mesmo, temos muita coisa para ajudar no dia a dia, muito mais prático que aí no Brasil. Até mesmo comida conseguimos comprar muita coisa semi-pronta por preços acessíveis. E com a idade do seus filhos, já já vc está de volta à ativa.
Abraços
Eva

 
At 11:23 PM, Blogger Jeanne said...

Diniz, sabe que eu fico olhando a papelada, lendo e relendo meu blog porque às vezes não consigo acreditar que já fiz os exames e estou na reta final. Parece um sonho, mas eu não quero acordar dele.
Bjs

 
At 11:22 AM, Anonymous Van said...

Ângela, isso é algo para que já estou me preparando também. Desde que casei, tinha uma faxineira que vinha a cada 15 dias para limpeza e passar roupa. Há um mês ele me abandonou e, como eu e o Dinho não somos muito fãs de deixar estranhos sozinhos enquanto estamos trabalhando fora, decidimos não contratar outra e estamos nos virando. Um preparatório para o Canadá.
Lá em casa o Dinho me ajuda com tudo, dividimos as tarefas e ele é bem esperto porque veio de uma família com 3 irmãos e mãe precisou treiná-los para ter alguma ajuda. Ainda bem! Ele é até mais rápido e esperto que eu, mas as tarefas mais chatas ficam pra mim, não tem jeito. :o)

Diniz, obrigada pelo link que deixou lá no Terra do Maple. Já estou destrinchando o site... hehe.

Abraços

 
At 11:24 AM, Anonymous Van said...

Ooops, onde está "ele me abandonou" leia "ela (a faxineira) me abandonou.

:o)

 
At 1:33 PM, Blogger Dani e Rafa said...

Oi Diniz! Respondendo a pergunta que vc deixou lá no Blog.. Ottawa sem dúvida é mto mais bonita e cultural do que Toronto, porém as oportunidades de emprego são beeeem reduzidas.. Se dá bem em Ottawa só quem consegue trabalhar para o governo, pq se não conseguir o jeito é ir para Toronto (as empresas e o setor financeiro infelizmente está aqui, por isso que optamos por Toronto e não nos arrependemos). A coisa boa é que Ottawa tá aqui do lado e dá para passear sempre por lá.

 
At 6:50 PM, Blogger Ângela said...

Pessoal, ainda não consegui sentar para olhar o blog todos os dias, principalmente o blog da galera. Agora que o Diniz está me ajudando a colocar no Google Reader para eu poder acompanhar melhor. Da última vez que entrei só tinham 4 comentários e levei um susto quando vi que tinha aumentado para 8. Demais!!!

Meninas, bom saber que estamos todas no mesmo barco, assim podemos nos ajudar mutuamente. Do pessoal que comentou, acho que a Eva é mais experiente e podemos aprender muito com ela, obrigada Eva e obrigada a todas pela solidariedade.

beijos,
Ângela

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home